Histórias Contadas de Cima no Sesc Senac Pelourinho

9 de novembro de 2015

A Fulanas Cia de Circo traz de volta à arena do Teatro Sesc Senac Pelourinho suas cinco mulheres com histórias fantásticas, contadas das alturas. Histórias Contadas de Cima revela o mundo fantástico dos circos e feiras de antigamente, com personagens míticas. As apresentações acontecem a partir da próxima quinta-feira (12), seguindo até o final de novembro, com classificação livre. Montado pela primeira vez em 2008, o espetáculo reúne em cena a Menina que Comia Borboletas, Sônia Sonâmbula, A Mulher que Contava Tudo e Virou Número, As Gêmeas do 20º Andar, além de Matilde, a Cambiadora de Corpos e Monga, a Mulher Gorila.

As peripécias de cada uma das personagens são vividas no alto, em estrutura montada com trapézio, tecido em rede, escada giratória e cadeira aérea, mas também no chão, em número cômico, num espetáculo para todas as idades em que estão presentes a tradição e a contemporaneidade do circo. As histórias são contadas e também cantadas ao vivo, em trilha sonora composta especialmente para o espetáculo.

Foto Histórias Contadas de Cima_Divulgação - Cópia

Vencedor do Prêmio Funarte Caixa Carequinha de Estímulo ao Circo, Histórias Contadas de Cima tem elenco formado pelas artistas circenses Bia Simões, Carol Guedes, Luana Serrat, Nana Porto e Nina Porto e os músicos Beto Portugal e Juraci do Amor. Dramaturgia e Concepção de Fábio Espírito Santo e Encenação de Rino Carvalho.

Serviço
Histórias Contadas de Cima
Quando: de quinta a sábado, dias 12, 13, 14, 26, 27 e 28 de novembro, sempre às 20 horas
Onde: Arena do Teatro Sesc Senac Pelourinho
Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia)

1 comentário até o momento

Sua opinião é importante para nós

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a comentar .


Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/customer/www/pequenopolisba.com.br/public_html/wp-content/themes/pequenopolis-theme/functions/filters.php on line 191
<

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.