Feira de Troca de Brinquedos tem nova edição na Praça Flora

3 de maio de 2018

No sábado (19/5) tem Feira de Trocas de Brinquedos na Praça Flora (Pituba). O evento já está em sua 11ª edição e é sempre um sucesso, maneira gostosa de incentivar o consumo consciente, a troca e de combater o consumismo infantil. Fora que costumam ser manhãs deliciosas para brincar ao ar livre (leve bike, skate, bola e o que mais desejar) e subir em árvores!

A proposta é mostrar que o essencial para a criança é a brincadeira, e não o brinquedo. Então vamos todos separar os brinquedos que já estão esquecidos no fundo do baú e ir à Feira para brincar, exercitar o desapego e aprender que brincar é melhor que comprar! 

Salvador abraçou a ideia do Instituto Alana e desde 2012 organiza a edição local da Feira de Troca de Brinquedos, evento sem fins lucrativos e promovido por mães, pais, brincantes, artistas e educadores voluntários, com apoio do Movimento Infância Livre de Consumismo.

O que levar:
– brinquedos – livros infantis – canga, toalha ou esteira para expor os itens e para sentar-se
– lanche para compartilhar
– água
– protetor solar

A feira também receberá doações: brinquedos e livros infantis e adultos para o projeto @livreslivros.

Onde vai ser: Rua Guillard Muniz, próximo ao final de linha da Pituba – entrando pela rua ao lado da Fundação Baiana de Cardiologia.

Mapa de como chegar: http://bit.ly/PcaFlora

Dicas para realizar as trocas:
– Para começar, junto com a criança, escolha brinquedos em bom estado e aproveite este momento para conversar sobre a quantidade de brinquedos, especialmente atentando para aqueles muito desejados e pouco usados pelas crianças.
– Na Feira, criança troca com criança, sejam brinquedos, livros ou afetos. Adultos observam e facilitam caso haja a necessidade. Vamos priorizar a autonomia à criança dentro das suas capacidades e limites.
– Os brinquedos e livros são expostos em cangas ou esteiras para serem vistos por todos.
– As crianças visitam as “barracas” para escolher e começar as trocas com os colegas.
– As próprias crianças perguntam o que desejam trocar e negociam.
– Os adultos podem ajudar, sempre para facilitar ou dar ideias que viabilizem as trocas, mas nunca impedir a troca que é desejada pela criança.
– Os adultos devem evitar fazer julgamentos sobre o valor monetário dos brinquedos negociados: na Feira o que vale é o potencial lúdico que apenas a criança sabe qual é.
– Se a criança não quer trocar, não insista. Ela não deve ser obrigada só porque está ali.
– Às vezes acontece o arrependimento diante uma troca considerada desvantajosa ou a criança fica aborrecida porque a troca não é efetivada. Cabe aos adultos conversar com as crianças e extrair lições para ambos: lidar com a frustração é mais das mais ricas oportunidades que a Feira de Troca de Brinquedos e Livros traz para todos os envolvidos, adultos e crianças.

Serviço
11ª edição da Feira de Troca de Brinquedos
Quando: 19/05/2018, sábado, das 9 às 11 horas
Onde: Praça Flora, na Rua Guillard Muniz na Pituba
Quanto: gratuito
Como participar: levar brinquedos e livros em bom estado de conservação para troca, toalha ou esteira para exposição dos brinquedos, lanche e água, proteção solar, amigos e disposição para trocar e brincar muito.
Dica: é importante levar as crianças ao banheiro antes de e sair de casa: na feira não há estrutura.

1 comentário até o momento

Sua opinião é importante para nós

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a comentar .

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de email não será publicado. Seus dados também não serão compartilhados.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.