NEOJIBA celebra seis anos com concerto matinal no TCA

17 de outubro de 2013

Domingo, dia 20, o NEOJIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) comemora seis anos com concerto especial no Teatro Castro Alves, às 11 horas. As entradas têm preço simbólico de R$ 1 e podem ser retiradas a partir das 9h do mesmo dia.

A Orquestra Sinfônica Juvenil da Bahia vai apresentar a Fantasia Coral em dó menor, Op. 80, do compositor alemão Ludwig van Beethoven, com a participação do Coro Sinfônico do NEOJIBA. A apresentação também contará com obras de Wagner, Bernstein, Strauss II e Mozart, sob regência do jovem maestro Yuri Azevedo, integrante do NEOJIBA desde a fundação. O solista será o pianista francês Florent Lattuga-Duyck, aluno do maestro e pianista Ricardo Castro.

A comemoração do aniversário irá coincidir com a estreia da violinista Geisa Santos, do NEOJIBA, na Orquestra Firlarmônica de Berlim, considerada uma das melhores do mundo. Com apenas 24 anos de idade, Geisa é a primeira baiana a conquistar uma bolsa de estudos na Academia da Filarmônica de Berlim, instituição de ensino profissional da orquestra alemã. No dia 20, enquanto os amigos festejam em Salvador, a jovem musicista da periferia de Salvador fará sua primeira apresentação como integrante dessa prestigiada orquestra.

Sobre o NEOJIBA

Criado em 2007 como um dos programas prioritários do Governo do Estado da Bahia, o NEOJIBA tem por objetivo alcançar a excelência e a integração social por meio da prática coletiva da música. No Brasil é o primeiro programa governamental de formação de orquestras infanto-juvenis baseado no aclamado “El Sistema”, programa venezuelano criado há 38 anos. Seu diretor fundador e regente titular é o pianista Ricardo Castro, convidado em 2007 pela Secretaria de Cultura para criar e implantar o programa na Bahia. O NEOJIBA já beneficia diretamente mais de 800 crianças e jovens, integrantes do Núcleo de Gestão e Formação Profissional do Programa, no Teatro Castro Alves, e em Núcleos de Prática Orquestral em Simões Filho, na Península Itapagipana e no Bairro da Paz, além de Trancoso, no extremo-sul da Bahia.

Também apoia pedagogicamente projetos orquestrais do interior do estado, levando seus resultados a jovens músicos de mais de 20 municípios em toda a Bahia. O mais importante diferencial entre o NEOJIBA e a maioria das outras iniciativas de arte-educação realizadas no Brasil é sua função de real integração social, estimulando o convívio entre crianças e jovens de vários segmentos da sociedade.

1 comentário até o momento

Sua opinião é importante para nós

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a comentar .


Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/customer/www/pequenopolisba.com.br/public_html/wp-content/themes/pequenopolis-theme/functions/filters.php on line 191
<

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.