Montagem brasileira de Monstros S.A. se apresenta em Salvador

9 de janeiro de 2014

4

A montagem brasileira de Monstros S.A, adaptação livre baseada nos filmes de animação de mesmo nome, entra em cartaz pela primeira vez em Salvador. As apresentações acontecem nos dias 18 e 19 de janeiro, no Teatro Jorge Amado (Pituba), pelas mãos da Rafael Guimalle Produções Teatrais.

Sulley e Mike são monstros que trabalham na fábrica Monstros S/A. Sua tarefa é assustar as crianças e com isso armazenar seus gritos de medo, acreditando que os gritos são fonte de energia vital para a sobrevivência e conforto do mundo dos monstros. O ponto de contato entre os dois mundos é a porta do armário do quarto das crianças. Acidentalmente a menina Boo atravessa a porta que divide os dois mundos. Logo Sulley começa a se encantar com o sorriso e o olhar brilhante da menina, e percebe que toda vez que Boo sorri algo diferente acontece. A aventura toma um novo rumo com a presença de Randall, um monstro nada do bem que tem planos terríveis para a pequena Boo. Por isso Sulley e Mike precisam levar a menina para Monstrópolis e devolvê-la ao seu mundo.

O conteúdo da peça faz referências à realidade das crianças brasileiras, não deixando de fora a essência principal do filme, que é valorizar o real sentido de uma verdadeira amizade. A história mostra que as diferenças muitas vezes estimulam a união.

SERVIÇO

Monstros S.A.
Onde: Teatro Jorge Amado – Av. Manoel Dias da Silva, Pituba
Quando: 18 e 19 de Janeiro -sábado às 16h e domingo às 11h e às 16h
Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia) – à venda no teatro e através do site www.compreingressos.com
Duração: 50 minutos
Informações: (71) 3525-0720

2 Comentários até o momento

Sua opinião é importante para nós
  1. maria
    #1 maria 2 fevereiro, 2014, 18:50

    oi eu queria saber como fazer uma moontagen da boo

    Reply this comment


Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/pequenop/public_html/wp-content/themes/pequenopolis-theme/functions/filters.php on line 191
<

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.