Companhia Novos Novos: peça com textos de Lázaro Ramos e acesso para cegos e surdos

by 26 de outubro de 2017 1 comentário

O espetáculo infantojuvenil Caderno de Rimas do João e Sem Rimas da Maria tem temporada no Teatro Vila Velha (Passeio Público – Campo Grande) de 4 a 26 de novembro, com apresentações aos sábados e domingos, às 16h. Dirigida por Débora Landim, a montagem da Companhia de Teatro Novos Novos traz texto adaptado a partir de dois livros do ator, apresentador, escritor e diretor teatral baiano Lázaro Ramos. Os ingressos custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada).  Aos sábados, a peça conta com audiodescrição para cegos e intérprete de libras para surdos, em uma parceria com a empresa ACESSU – Acessibilidade Universal.

Com música ao vivo e um elenco de 20 pessoas, Caderno de Rimas conta a história de dois irmãos, João e Maria, que aprendem a se relacionar com o mundo e seus desafios através de uma íntima relação com o criar e contar histórias. João recria aventuras em seu caderno de rimas; Maria conta suas vivências em seu caderno “sem” rimas. Fazem isso inspiradas pelos exemplos da avó e dos pais, personagens que incentivam o exercício do lúdico e da poesia como alicerces para a formação das crianças. A peça busca traduzir para a linguagem cênica o lirismo e a ludicidade dos textos de dois livros de Lázaro Ramos: Caderno de Rimas do João (lançado pela Pallas Editora) e Caderno Sem Rimas da Maria (em vias de publicação).

Em vários verbetes, os livros tratam de temas relacionados às descobertas infantis, a valores familiares, ao respeito ao semelhante e ao mais velho, à amizade, à passagem do tempo, à vida e à morte. A partir desse rico universo,  a Companhia Novos Novos e Lázaro criaram um roteiro que, durante o processo, foi sendo modificado e lapidado, através de improvisações, discussões e experimentações. Esta é a sétima peça do repertório da Companhia Novos Novos, segunda a partir de texto de Lázaro Ramos – em 2012, o grupo montou, também com direção de Débora Landim, a peça Paparutas.

O espetáculo foi montado sem patrocínio, apenas com alguns apoios institucionais, mas com a grande colaboração de artistas (músicos, coreógrafa, figurinista, cenógrafo), a UFBA através do PROEXT – Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Extensão Universitária, a Moinhos Giros de Arte e o próprio Teatro Vila Velha), que abraçaram o projeto.

SERVIÇO
Caderno de Rimas do João e Sem Rimas da Maria
Onde: Teatro Vila Velha – Passeio Público, Campo Grande, tel. (71) 3083-4600
Quando: 4 a 26 de novembro – sábados e domingos, às 16 horas
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada)

1 comentário até o momento

Sua opinião é importante para nós

Seus dados estarão seguros!O seu endereço de email não será publicado. Seus dados também não serão compartilhados.